Exibindo 1–12 de 122 resultados

Cama de gato

R$59,90
Ao longo do livro, a jornalista e artista plástica Michelle Diehl percorre as diversas fases de sua vida e nos dá uma visão do quadro bipolar sob a ótica de quem vivenciou a descoberta dos sintomas e suas complicações. Relata essa experiência única de como lidar com o diagnóstico, o processo de aceitação do tratamento, as dificuldades e recaídas. As parcerias com a historiadora Cristina Soares, na escrita da obra e nas telas pintadas à quatro mãos (acessíveis através de QR-codes ao longo da obra) e com a também artista plástica, escritora e poetisa Ariel Von Ocker, que escreveu os poemas que abrem cada capítulo, tornam a obra muito mais ampla e profunda. O livro leva a reflexões e nos impulsiona para nos tornarmos pessoas melhores, na busca incessante de evolução e crescimento pessoal.

Intermitência

R$49,90
Intermitência, em intervalos descontínuos, traz em gradação na poesia o “eu”, o “verso”, o “sentimento” e o “cotidiano”. A ausência, o desconforto do ser ante o vazio, alguma força (um fórceps) que o impele a seguir, embora a paisagem cotidiana resulte intermitente e o verso confesse, por vezes, a ânsia do sujeito lírico por algum compasso, alguma cadência ou circunstância contínua e regular onde possa apascentar sua poesia. Mas não há continuidade. Não há qualquer vislumbre de constância. O que resta ao leitor é testemunhar o universo interrompido que Edson Flávio apresenta com a voz inconfundível do poeta lírico que é.

Sósias

R$59,90

12 contos contemporâneos que tratam das dualidades e dos antagonismos. Urbanidade e natureza; passado e futuro; vida e morte; homem, máquina e animal, o espelho que não retrata apenas o que projeta. As instigantes profundezas da mente abordadas com lucidez e criticidade.

Check-in

R$44,80
Domingos Soares desembarca no aeroporto da distante República Popular do Bayuká e se surpreende ao ser recepcionado com honras de chefe de estado. O conto de Eduardo Mahon apresenta uma insólita coincidência. O homônimo do premiado físico nuclear desfruta de várias mordomias que lhe são oferecidas pelo regime do presidente Ho Wei. Os equívocos de lado a lado se agravam com o passar do tempo e ameaçam a vida dos envolvidos, que lutam para resolver o problema da identidade.

Poesia não acaba nunca

R$52,00
Odair de Morais escreve com uma fina navalha. Seu corte é preciso. Extrai a medula da imagem, sem feri-la. Retira da pedra a arte que só o escultor vê. Recolhe o que se esconde na paisagem. Faz um permanente exercício fotográfico a cada novo poema. Ele sabe que o haicai é a poética das sensações. Voa na jugular do invisível. Crava suas delicadezas na contramão do óbvio. Arranca seus haicais do cotidiano, do que parece comum, mas singulariza o momento. É um discípulo do espanto. Um mergulhador com o pulmão cheio de oxigênio. Enfim, um rio corrente que se mostra do raso ao profundo. Lau Siqueira

Tikare: alma-de-gato

R$53,20
Tikare alma-de-gato é uma ficção que registra/recupera histórias, mitos e práticas de um povo indígena que vive no imenso Chapadão do Parecis-MT; propõe uma reflexão sobre os modos de contato entre indígenas e não indígenas e sobre a necessária garantia de espaço para a vida dessas comunidades. Cumpre a tarefa necessária de formar leitores conscientes da importância da diversidade cultural do Brasil e do mundo. É um livro para todas as idades mas, em especial, para o público juvenil.

Sinfonia dos Mil

R$55,90
O romance se passa durante a pandemia de covid-19 em 2020, quando um músico recebe, no dia de seu aniversário de 50 anos, um convite para participar da gravação remota de um vídeo da Sinfonia N. 8, de Mahler, também conhecida como Sinfonia dos Mil, para a qual foram convidados mil músicos de todos os continentes. Durante as gravações, o protagonista suspeita que um dos participantes argentino, com quem vem trocando informações sobre a obra e execução, possa ser muito mais que um colega de profissão. Pelas conversas, mensagens e vídeochamadas, o homem busca a verdade.

Espaço de família

R$53,90
Quais são os limites do afeto? Onde termina a solidariedade e começa a exploração? Em Espaço de Família, a personagem Maju se desloca do interior de Pernambuco para estudar na capital e com o tempo começa a fazer parte da família do Sr. Renan e Dona Guilhermina, ocupando-se também dos serviços domésticos do apartamento. O encontro com a psicóloga Cíntia produz uma transformação complexa na vida de Maju, numa jornada contínua de tomada de consciência sobre a sua própria identidade de mulher negra, lésbica e empregada, o amor se constrói explosivamente. Numa trama em que raça, sexualidade e relações de trabalho se interseccionam numa incrível história de amor.

Dois

R$53,90

No romance Dois, Fábio e Antônio não souberam amar direito na juventude e tiveram uma segunda chance, na vida adulta, de amar ou de cometer o mesmo erro outra vez.

Quase vinte anos depois de uma separação profunda, os arrependimentos e as esperanças sentimentais se reencontram na tentativa de testar se o amor é uma teoria aplicável em diferentes contextos e épocas.

Ao longo do tempo, o protagonista pode se livrar das inseguranças e medos do passado a fim de viver intensamente ou se fechar e nunca permitir que sua relação amorosa se concretize de modo pleno.

O imprevisto

R$55,90
Enclausurado em um antigo manicômio, o escriturário Ramiro Noronha faz um relato pormenorizado do bárbaro crime que cometeu. O tiro fatal na cigana selou a sorte da personagem. A partir da internação, o insubmisso paciente apresenta uma curiosa teoria sobre sua própria situação, interagindo com os leitores que podem ou não concordar. O frenético monólogo que mistura realidade e imaginação faz com que a interpretação sobre os fatos oscile entre variados pontos de vista. O novo romance de Eduardo Mahon problematiza a relação de poder em vários campos do conhecimento e convida os leitores a somar novas perspectivas ao crime do imprevisível protagonista. No fim, toda lucidez será posta em xeque.

Companhia das Índias

R$44,80
Alcides é um cidadão comum, que frequenta a vida pacata de uma vizinhança pobre. Tudo muda quando o sobrado da rua é ocupado por uma família de estrangeiros. O novo vizinho oferece-lhe um presente e Alcides se vê humilhado por não poder retribuir. A partir de então, começa o frenético turbilhão do homem consciente demais de sua própria condição social. Haverá salvação? O conto de Eduardo Mahon transforma um simples aborrecimento na intrincada questão existencial do protagonista, que compartilha com os leitores a sua agonia.

Bovinos

R$44,80
No bistrô, o famoso médico Egon Osther percebe que há algo estranho. Na mesa distante, encontra-se uma atípica família: o boi, a vaca e dois bezerros. Esta é apenas mais uma das muitas conquistas que os bovinos alcançaram depois da revolta contra a milenar dominação humana. O conto de Eduardo Mahon ironiza discursos contemporâneos que formam consensos artificiais. Sempre irreverente, o autor alfineta o extremismo da atual polarização política. Afinal, a metáfora bovina pode recair sobre ambos os lados.