Flor-do-Inga(1)

A saga sobre colonização de Mato Grosso começou em 1998 com o livro “Matrinchã”, do autor Luiz Renato de Souza. Em 2014, a Carlini e Caniato Editorial publicou o segundo volume desta série: trata-se do livro “Flor de Ingá”.

A trilogia de Luiz Renato começou com uma mentira. A mentira, no entanto, teve como motivação a sobrevivência de um artista que tentava sustentar-se em Curitiba. Nesta sua empreitada, Luiz Renato circulou por mais de 27 Universidades vendendo sua poesia.

Mas, para poder entrar nestas escolas teve que contar uma pequena mentira: que estava escrevendo um livro sobre a colonização do Norte de Mato Grosso pelo Sul do país. Após três meses sobrevivendo com o dinheiro das poesias vendidas para os alunos, o poeta resolveu escrever o livro.

Sobre “Flor de Ingá”

O primeiro livro aborda colonização, o governo Getúlio Vargas, a propriedade, e narra os encontros e desencontros nos descaminhos de um andarilho e um caminhoneiro. Mas, agora, no segundo livro, “Flor do Ingá” a história será contada através da perspectiva de dois personagens secundários em “Matrinchã”: o casal Pedro e Irene.

Pedro e Irene se conheceram em Londrina, Paraná, no campus da Universidade Estadual, onde cursaram suas faculdades. Ele, história; ela, direito. Casaram-se e foram para o Matrinchã do Teles Pires, norte do Mato Grosso. Ela passou a advogar para latifundiários enquanto ele trabalhava com alfabetização de colonos. Mas isso faz muito tempo. Hoje, ela mora em Sinop-MT, cidade na qual ele espera vê-la e quem sabe compreender melhor tudo o que aconteceu ao longo deste tempo.

Onde adquirir

Para comprar a obra “Flor de Ingá”, entre em contato com a editora. Informações:

Carlini e Caniato Editorial

Facebook: Clique AQUI

Email: contato@tantatinta.com.br

Telefone: 65 3023-5714

Endereço: Rua Nossa Senhora de Santana, 139 – sala 3 – Edifício Acará/ Bairro Goiabeira – Cuiabá – Mato Grosso

(Da Assessoria)