Poemas em torno do chão & Primeiros poemas

R$28,00

O livro é uma (de)composição poética que oferece o panorama da produção do escritor que vai, em ordem contrária, do chão cuiabano aos ecos espanhóis, numa alquimia desconcertante por onde espaço-tempo provocam texturas linguísticas singulares. Essa espécie de sedução dionisíaca da poética de Matheus faz pensar fora do previsível. Não é hermético, mas a leitura se prende no olhar vagaroso sobre a palavra, o seu valor semântico e sonoro, o poder de síntese que carece de escavação no limite da percepção linguística, ou fora dela. Numa permanente revolução dos sentidos, os poemas sedimentam provocações. Como estar em torno do chão e alçar voos para outras possibilidades do olhar? Até que ponto é possível extenuar a palavra de modo que ela me possua e eu seja possuído por ela?

Matheus Guménin Barreto


É um poeta e tradutor brasileiro. Nascido em Cuiabá-MT em 1992, é doutorando da Universidade de São Paulo (USP), onde traduz poesias de língua alemã. Estudou também na Universidade de Heidelberg, na Alemanha. Publicou traduções de Ingeborg Bachmann em Dito ao anoitecer (2017) e Lira argenta (2017), de Bertolt Brecht em Cântico de Orge (2017) – parcerias entre Selo Demônio Negro, Editora Hedra e a editora portuguesa Douda Correria. Seus poemas e traduções estão disponíveis em periódicos no Brasil e em Portugal. É editor do site cultural ‘Ruído Manifesto’ e integrou o Printemps Littéraire Brésilien 2018, na França e na Bélgica, a convite da Universidade de Sorbonne. Publicou o livro de poemas A máquina de carregar nadas (Editora 7 Letras, 2017).

Peso 0.082 kg
Dimensões 13 × 18 cm
Páginas

´64

Edição

Ano de publicação

2018

Avaliações

Não há comentários ainda.

Be the first to review “Poemas em torno do chão & Primeiros poemas”

O seu endereço de e-mail não será publicado.