obscuro_shi_capa

Conhecido por administrar o blog “Beatniks, maldit@s e marginais”, Wuldson Marcelo encerra 2016 com o lançamento de um novo livro de contos. “Obscuro-shi: Contos e Desencontros em Qualquer Cidade”, publicado pela Carlini e Caniato Editorial, é uma das obras contempladas no edital de incentivo à cultura da Prefeitura de Cuiabá.

“Obscuro-shi: contos e desencontros em qualquer cidade” tem 18 contos. As narrativas retrata, a condição humana em seu estrato mais inexorável: a da negação dos desejos. “O livro lida com as convulsões emocionais e explosões de violência de uma metrópole inventada, mas que pode ser qualquer centro urbano.  A cidade é a personagem central, que observa os obstáculos que estão diante de seus agentes sociais na luta pela existência/resistência/sobrevivência”, disse o autor.

De acordo com Wuldson, o tema presente em todos os contos é a angústia e violência característica de grandes centros. O autor ressaltou que as narrativas buscam descrever as consequências do desamparo das pessoas na contemporaneidade. “Mas isso é feito tendo como foco encontros culturais que não chegam a aprofundar questões como identidade ou hibridação, mas trazem à tona as interdições que se agrupam ao redor das relações contemporâneas”, comentou.

Wuldson escreveu a primeira versão de “Obscuro-shi: contos e desencontros em qualquer cidade” em 2003. Nos 12 anos entre a primeira versão e a inscrição no edital de incentivo à cultura, a obra foi reescrita diversas vezes.

“Geralmente, eu já tenho um final em mente, a partir de uma estrutura flexível, que vou preenchendo e reescrevendo para perceber a viabilidade do final imaginado. Quando o término satisfaz, dou por encerrado o processo. Caso contrário, revejo os passos. Ou modifico o final. De certo modo, os meios me interessam mais que os fins. Esse processo foi mais constante em “Obscuro-shi” que em “Subterfúgios Urbanos”, meu primeiro livro de contos lançado”, explicou Wuldson sobre seu processo criativo.

Sobre os incentivos à cultura realizados por secretarias municipais e estaduais de cultura, o autor disse considerar estas ações necessárias. “Considero o incentivo necessário e bem vindo neste tempo sombrio em que vivemos, de crises: política, ética e humanitária. É muito complicado conseguir levantar recursos para tocar em frente qualquer projeto artístico em Cuiabá. E fomento à cultura é um direito, já que o acesso à arte também o é. Como disse Nietzsche, ‘Temos a arte para não sucumbirmos junto à verdade’”. finalizou.

O lançamento de “Obscuro-shi: contos e desencontros em qualquer cidade” ainda não tem data marcada. Para receber informações e novidades, siga a Carlini e Caniato Editorial clicando AQUI.

Sobre o autor

Wuldson Marcelo, 37, nasceu e reside em Cuiabá, Mato Grosso. O gosto pela literatura e pela escrita surgiu na adolescência, com os livros do ensino fundamental. É autor de “Subterfúgios Urbanos”, publicado em 2013 pela editora Multifoco (RJ). Organizou, em 2013, com Cinthia Andressa de Lima e Jana Lauxen, a coletânea de contos e poesias “Beatniks, malditos e marginais em Cuiabá: literatura na Cidade Verde”, que foi também publicada pela Multifoco. Administra o blog “Beatniks, maldit@s e marginais” desde 2012.

Carlini e Caniato Editorial

Facebook: Clique AQUI

Email: contato@tantatinta.com.br

Telefone: 65 3023-5714

Endereço: Rua Nossa Senhora de Santana, 139 – sala 3 – Edifício Acará/ Bairro Goiabeira – Cuiabá – Mato Grosso

(Da Assessoria)