Carlini e Caniato

Mitocrítica e poesia: regimes, imagens e mitos na poética de Lucinda Persona

Produzir um trabalho de proposição crítica não é uma tarefa fácil. E, quando o objeto da pesquisa é a produção literária de um determinado autor, ainda vivo e em franca produção, corre-se o risco de se lançar sobre ela um olhar parcial, fazendo com que a pesquisa revele a sua incompletude, tornando-se, e não raras vezes, um fator de subtração à grandeza do texto literário. Por isso, percebo que em Mitocrítica e poesia: regimes, imagens e mitos na poética de Lucinda Persona”, a autora não aspirou ao desejo de totalidade e de palavra final sobre as pretensões da criação literária, mas sim de apresentá-la sob alguns ângulos possíveis.

Lista de Desejos 0
Abrir Lista de Desejos Continuar Comprando