CAPA o circo do bagre ze

Circo do bagre Zé

O bagre Zé

é amigo do ximburé.

Eles estavam na vazante do Castelo,

um lugar muito belo,

onde a água dourada

refletia a cor da peixada.

O bagre Zé teve uma ideia,

pois gostava de plateia,

queria mostrar ao mundo

as belezas que existem no fundo,

que o jardim subaquático

não é um mundo apático.

E um circo montou

e pelo Pantanal espalhou…

muita alegria…

folia…

diversão…

e muita emoção!

Este é o segundo poema do livro infanto-juvenil “O circo do bagre Zé pelo Pantanal”, escrito por Iraci Conceição Romagnolli Dias e ilustrado por Vanessa Prezoto. Na obra, o personagem bagre Zé, um peixe bagre, organiza um circo por onde passam diversas espécies aquáticas do Pantanal. 

Captura de Tela 2016-07-13 às 00.26.57

O livro é dividido em 14 capítulos, dentre eles “Festança da arraia”, “Joias raras”, “Pacu amoroso”, “A sorte de um pintado” e mais. Escrito em versos, além de narrar a história, “O circo do bagre Zé pelo Pantanal” também traz notas com a explicação científica sobre cada uma das espécies apresentadas, incluindo descrição física dos animais, seus hábitos alimentares e habitat natural. O livro estará disponível ao público no segundo semestre de 2016.

De acordo com uma das editoras da obra, Elaine Caniato, “O circo do bagre Zé pelo Pantanal” também trata de forma lúdica e educativa da questão da água, mostrando a riqueza da vida sub-aquática pantaneira e a importância de preservá-la. Elaine Caniato, ao lado de Ramon Carlini, editaram a obra, que será publicada pelo selo Tanta Tinta.

Captura de Tela 2016-07-13 às 00.34.53

As ilustrações ficaram por conta de Vanessa Prezoto. Formada em design gráfico na Universidade Estadual Paulista (Unesp), Vanessa trabalhou em agências e estúdios de design por vários anos. Participou de diversos cursos e oficinas de ilustração e voltou a praticar o desenho e a pintura tradicional. Atualmente, grande parte do seu tempo é dedicado às ilustrações, principalmente para livros. No caso da obra “O circo do bagre Zé pelo Pantanal”, a artista trabalhou com uma mistura de colagens, giz pastel e tinta guache.

A história contada através de poemas foram feitas pela já conhecida autora infanto-juvenil Iraci Conceição Romagnolli Dias. A escritora já publicou pela Editora Tanta Tinta as obras “Bichos, gente, ambiente”; “Serelepiando com poesia” e, em co-autoria com Teresinha Helena da S. Ferreira, “Conhecendo a fauna do Pantanal de A a Z” e” Bichonário do Pantanal”.

Captura de Tela 2016-07-13 às 00.37.15

(Iraci Conceição Romagnolli Dias e Vanessa Prezoto)

“O circo do bagre Zé pelo Pantanal” é uma dos projetos selecionados pelo Conselho Municipal de Cultura da Prefeitura de Cuiabá. As propostas aprovadas correspondem aos segmentos Cultura Popular, Artes Integradas, Literatura, Música, Artes Cênicas, Artes Visuais e Patrimônio. Foram disponibilizados para a execução das iniciativas o montante de R$ 1,16 milhão, oriundos do Fundo Municipal de Apoio e Estímulo à Cultura.

Na área de Literatura, foram selecionados projetos de apoio à edição de exemplares de livros inéditos, literário ou humanístico, com ou sem ilustração nos gêneros de contos, poesias, crônicas, romance, ensaios literários, históricos, infantis ou quadrinhos, além de apoio a eventos e ações de incentivo à leitura e/ou áreas afins. O valor total para o segmento foi de R$ 144 mil. 

Outros livros de Iraci Conceição Romagnolli Dias

(Da Assessoria)